Sobre a operacionalização da aplicação da teoria fundamentada em dados ao método etnográfico no campo de estudo dos media digitais: uma pequena bibliografia

Tendo andado meio arredado destas paragens. E porquê? Porque resolvi finalmente aprofundar o design do meu projecto de investigação, sobretudo a parte relativa aos métodos de operacionalização.

Durante algum tempo, optei por ignorar algumas observações ou críticas que me foram apontadas não apenas na defesa do projecto de investigação como nos seminários do programa doutoral. No entanto, à medida em que avançava na redacção do terceiro capítulo da tese, percebi que havia imensa informação, pressupostos epistemológicos e opções metodológicas que não estavam devidamente explicitadas no sub-capítulo dedicado ao design de investigação.

Por isso, há cerca de dois meses, resolvi encher-me de coragem e iniciar uma re-escrita dessa parte da tese. Deu (e ainda está a dar) imenso trabalho, claro, mas valeu a pena. Neste momento, estou na fase final da redacção do referido sub-capítulo e a luz ao fundo do túnel já se transformou num genuíno farol: das 5 páginas originalmente dedicadas ao tema, já vou perto das duas dezenas. Para os eventualmente interessados em aprofundar a (importantíssima) questão da operacionalização da aplicação da teoria fundamentada em dados (grounded theory) ao método etnográfico no campo de estudo dos media digitais, deixo aqui a lista das principais obras que consultei (e que, culpa mea, não resisti a adquirir) nos últimos dois meses.

Naturalmente, é expectável que a secção do blogue dedicada ao design de investigação venha a sofrer algumas profundas alterações nas próximas semanas. Mas, para já, vamos à listinha. Oxalá alguém faça bom proveito da mesma.

BACHELARD, Gaston
2004 – La formation de l’esprit cientifique, Paris: Vrin.

BARTHES, Roland
1997 – Elementos de Semiologia, Lisboa: Edições 70.

BAUER, Martin W.
2010 – «Analysising Noise and Music as Social Data» in BAUER, Martin W.; GASKELL, George M. (eds.), Qualitative Researching with Text, Image and Sound, London: Sage Publications.

BAUER, Martin W.; GASKELL, George M. (eds.)
2010 – Qualitative Researching with Text, Image and Sound, London: Sage Publications.

BRYANT, A.
2002 – «Re-grounding Grounded Theory» in Journal of Information Technology, Theory and Application, 4(1), pp. 25–42.

BURNETT, Robert; MARSHALL, P. David
2002 – Web Theory: An Introduction, London & New York: Routledge.

CHARMAZ, Kathy
2006 – Constructing Grounded Theory. A Practical Guide Through Qualitative Analysis, London: Sage Publications.

CLARKE, A. E.;
2003 – «Situational Analyses: Grounded Theory Mapping after the Postmodern Turn» in Symmbolic Interaction, 26, Thousand Oaks: Sage Publications.

FOUCAULT, Michel
1972 – The Archaeology of Knowledge, London: Tavistock Publications.

FREIXO, Manuel João Vaz
2009 – Metodologia Científica. Fundamentos, Métodos e Técnicas, Lisboa: Instituto Piaget.

GLASER, B. G.
1978 – Theoretical Sensitivity, Mill Valley: The Sociology Press.
1998 – Doing Grounded Theory: Issues and Discussions, Mill Valley: The Sociology Press.
2001 – The Grounded Theory Perspective: Conceptualization contrasted with Description, Mill Valley: The Sociology Press.

HOLLIDAY, A.
2002 – Doing and Writing Qualitative Research, London: Sage Publications.

JENKINS, Henry
2006a – Convergence Culture, New York: New York University Press.
2006b – Fans, Bloggers, and Gamers: Exploring Participatory Culture, New York: New York University Press.

KUHN, Thomas S.
2009 – A Estrutura das Revoluções Científicas, Lisboa: Guerra e Paz.

LÉVY, Pierre
1997 – Collective Intelligence: Mankind’s Emerging World in Cyberspace, Cambridge: Perseus.

POMBO, Olga
2004 – Interdisciplinaridade: Ambições e Limites, Lisboa: Relógio d’Água Editores.

QUIVY, Raymond; CAMPENHOUDT, Luc Van
2008 – Manual de Investigação em Ciências Sociais, Lisboa: Gradiva.

RITZER, G.; GOODMAN, D. J.
2004 – Classical Sociological Theory, Boston: McGraw Hill.

ROSE, Diana
2010 – «Analysis of Moving Images» in BAUER, Martin W.; GASKELL, George M. (eds.), Qualitative Researching with Text, Image and Sound, London: Sage Publications, pp. 246-262.

ROSE, Frank
2011 – The Art of Immersion: How the Digital Generation is Remaking Hollywood, Madison Avenue and the Way We Tell Stories. Entertainment in a Connected World, London: W. W. Norton & Co.

ROSE, Gillian
2007 – Visual Methodologies. An Introduction to the Interpretation of Visual Materials, London: Sage Publications.

STRAUSS, A. L.
1987 – Qualitative Analysis for Social Scientists, New York: Cambridge University Press.

One comment on “Sobre a operacionalização da aplicação da teoria fundamentada em dados ao método etnográfico no campo de estudo dos media digitais: uma pequena bibliografia

  1. Pingback: Pequena nota « mv flux

Deixar uma resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

WordPress.com Logo

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Log Out / Modificar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Log Out / Modificar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Log Out / Modificar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Log Out / Modificar )

Connecting to %s