tUnE-yArDs

É um dos mais recorrentes e (irritantes) clichés da videomusicalidade: o recurso a criancinhas. Mas no caso dos tUnE-yArDs, o cliché tem o mérito de enquadrar, com grande precisão, a origem aparentemente alienígena da música de um dos mais fascinantes projectos que se dedicam actualmente ao formato da canção.

2 comments on “tUnE-yArDs

  1. desconhecia isso dessa utilização abusiva.

    (mas tenho mesmo de perguntar se te irritam as criancinhas ou apenas quando, amiúde, com as respectivas excepções, são utilizadas nos videos? e porquê?)

  2. Pingback: Merrill Garbus + Mimi Cave | mv flux

Deixar uma resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

WordPress.com Logo

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Log Out / Modificar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Log Out / Modificar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Log Out / Modificar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Log Out / Modificar )

Connecting to %s