corpus

O corpus epistemológico do trabalho de investigação consiste nos cerca de 12 000 vídeos musicais publicados e discutidos pelos membros do Antville, a maior comunidade de fãs do formato videomusical na Web, entre Junho de 2006 e Junho de 2011 no blogue homónimo, tendo sido privilegiada uma concepção linguística de corpus que ecoa a famosa definição de Roland Barthes:

O corpus é uma colecção finita de materiais, determinada de antemão pelo analista, segundo um certo arbitrário (inevitável) e sobre o qual ele vai trabalhar. (2.2 BARTHES 1997: 81)

Apesar de se partilhar a visão de que a arbitrariedade inerente à selecção qualitativa do corpus é menos uma questão de conveniência do que uma inevitabilidade, a sua definição no presente projecto de investigação, para além de garantir a homogeneidade no tipo de materiais recolhidos (2.1 BAUER et al. (eds.) 2010: 23), consegue igualmente mitigar a referida arbitrariedade na medida em que os vídeos musicais não foram selecionados por uma entidade única (investigador), mas pelos mais de 300 membros de uma comunidade virtual heterogénea cujo único denominador comum é, no fundo, o facto de serem fãs de vídeos musicais. Assim, a forma como o corpus epistemológico do presente projecto de investigação foi seleccionado não apenas diversifica como intensifica significativamente a “qualidade” dos dados recolhidos (2.1 CHARMAZ 2006: 18).

Relação de grandeza entre o corpus epistemológico, a amostra teórica e os casos de estudo da investigação.

Relação de grandeza entre o corpus epistemológico, a amostra teórica e os casos de estudo do projecto de investigação.

A contabilização do número de vídeos musicais do corpus (cerca de 12 000) é aproximativa devido ao elevado número de posts publicados e ao facto de, não raras vezes, serem acrescentadas hiperligações para outros vídeos musicais nos comentários. Apesar destes constrangimentos, foram contabilizados, entre Junho de 2006 e Junho de 2011, 14 750 posts. O desfasamento entre o número de posts e o de vídeos publicados deve-se ao facto de uma quantidade considerável de posts corresponder a i) reposts de vídeos já anteriormente publicados; ii) publicações que não incluem hiperligações a vídeos musicais (perguntas, considerações, pedidos de ajuda, informações do interesse da comunidade, etc.); e iii) hiperligações para outros formatos mediáticos (curtas metragens, spots publicitários, etc.).

Uma listagem do corpus (PDF com 314 páginas) pode ser acedida aqui.

5 comments on “corpus

  1. Pingback: Pequena nota « mv flux

  2. Pingback: Os diaporamas videomusicais « mv flux

  3. Pingback: Paródias videomusicais « mv flux

  4. Pingback: Antville Music Video Awards 2012 | mv flux

  5. Pingback: Antville Music Video Awards 2013 | mv flux

Deixar uma resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

WordPress.com Logo

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Log Out / Modificar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Log Out / Modificar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Log Out / Modificar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Log Out / Modificar )

Connecting to %s