Jamais deux sans trois

Ainda a propósito do post anterior, acaba de ser disponibilizado mais um fabuloso vídeo musical textual (ou lyric music video) de um projecto musical tuga. Aspecto curioso (e muito meritório) é o facto de We Trust ser o projecto musical de André Tentugal, nome que os leitores deste blogue facilmente reconhecerão pois não me canso de repetir que ele é um dos mais talentosos realizadores de vídeos musicais do nosso país. Apesar disso (ou, se calhar, exactamente por isso), o André faz sempre questão de contratar os serviços de outros realizadores para os vídeos da sua banda. Depois do mega-sucesso do primeiro vídeo (que, à data em que escrevo, já vai com cerca de 750 mil visualizações no YouTube), este segundo vídeo (uma animação de Robert Wallace) tem tudo para lhe seguir as pisadas.

Songbook de Beck com sotaque (e talento) portuense

weold

Mais uma excelente iniciativa do Público. No seguimento do lançamento do surpreendente Songbook por parte de Beck, o jornal resolveu convidar dois grandes músicos nacionais, André Tentugal (aka We Trust) e Francisco Silva (aka Old Jerusalem), para interpretarem duas (excelentes) versões do tema «Sorry». Tal como tinha previsto, o jornal não apenas nos brinda com as respectivas trilhas sonoras, mas também com dois vídeos musicais performativos produzidos pela Anexo 82. Way to go, Público.

O vídeo de Old Jerusalem pode ser acedido aqui e o de We Trust (espertalhaço) também já roda no YouTube, o que me permite incorporá-lo já de seguida:

Vídeos musicais 2011 – uma selecção #2 (de 5)

Informações sobre esta lista aqui.

#20
Lykke Li: «Sadness Is A Blessing» (Real. Tarik Saleh)
A embriaguez pública sempre foi um cliché dos vídeos musicais. Mas não me lembro de alguma vez ter sido servida com tamanha contenção e finnesse. Muito Dogma 2011.

#19
Portugal. The Man: «Sleep Forever» (Real. Michael Ragen)
Já falei neste bichinho aqui. Uma média-metragem videomusical com uma cinematografia capaz de gelar o fôlego aos menos incautos.

#18
Them Jeans: «Balloons» (Real. Walter Robot)
Também já falei nesta pipoca aqui. É uma espécie de hino à liberdade estética que a Web Social veio trazer aos vídeos musicais. Não estão a ver isto a passar na MTV, pois não? Também me parecia.

#17
We Trust: «Time (Better Not Sop)» (Real. Rickard Bengtsonn)
Talvez o tema indie nacional mais omnipresente no éter e no HTML em 2011. Ironia das ironias, é que o autor da música (e o rapaz que encomendou o vídeo) é um dos mais talentosos realizadores portugueses de vídeos musicais: o grande André Tentugal.

#16
Is Tropical: «The Greeks» (Real. Megaforce)
Lamento repetir-me, mas já falei neste croissant aqui. O sonho de qualquer puto torna-se realidade.